sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

GREEN STAR ... "Gostei de tudo", diz Wanessa Camargo sobre visita às comunidades cariocas

Cantora conheceu projetos sociais nesta sexta-feira (13), no Rio

Wanessa Camargo posa ao lado das crianças do Acorda Lucas, projeto da comunidade Parada de Lucas

Wanessa Camargo, que passou a sexta-feira (13) conhecendo projetos sociais nas comunidades cariocas, contou a QUEM como foi a experiência. Ela disse que ficou “encantada com tudo” o que viu. “Gostei muito”, disse a cantora, que fecha o dia no Morro do Cantagalo.


Como surgiu a idéia para conhecer os projetos?
Conheci o AfroReggae no "Criança Esperança" há oito anos. Via de longe e sempre gostei muito, mas não tinha nenhum contato. O Marcus [Buaiz, marido da cantora] me falou agora que conhecia o Junior, um dos diretores do projeto. Aí eu pedi para conhecer as comunidades e eles fizeram essa ponte. Sempre tive vontade de fazer um show nessas comunidades e conhecer o trabalho deles. Está sendo um dia lindo, muito bacana.

O que mais a surpreendeu hoje?
É tudo muito diferente. A dança afro do Akoni eu só conhecia pela TV. É muito diferente de ver pessoalmente, as meninas dançam muito. É difícil imaginar que consigam fazer um trabalho assim. A percussão do AfroLata é impressionante e é tudo feito com material reciclável. São projetos muito legais que devem ser divulgados em larga escala. Não só eu, mas outros artistas podem dar apoio a este trabalho. São profissionais cheios de sonhos e esperando uma chance.

Você pensa em fazer alguma parceria com eles?
Acho que aqui há muitos talentos que a gente não tem a oportunidade de conhecer. Posso utilizar essa arte, esse talento deles, no meu trabalho. Usar a dança e a percussão e fazer um mix com tudo.

Tem vontade de usar as idéias e as pessoas em um show?
Tenho sim, mas não sei se no show ou no CD. Estou pensando em várias coisas. Gostei muito do que vi hoje e quero colocar no meu trabalho.

Vai dar para entrar no próximo CD?
Então, estou terminando o próximo CD agora, que eu devo lançar em março ou abril. Vai ter várias participações, faltam apenas os últimos acertos.

Quando vai participar do “Conexões Urbanas”, shows promovidos pelo AfroReggae nas comunidades?
Assim que terminar o CD, estou à disposição deles. Meu maior sonho é tocar em uma comunidade. Vai dar muito pano para manga.

Você está sempre rodeada de crianças. Já está aflorando o instinto maternal?
Não (risos). Quando dá a vontade de ter filho, eu passo com as crianças que encontro. Materninade, por enquanto, não está nos planos.

Claudio Andrade

Fonte: Quem